Sábado, 23 de Junho de 2018.

Top 10

  • 01

    • Gustavo Lima
    • Apelido Carinhoso
  • 02

    • Naiara Azevedo
    • Pegada que Desgrama
  • 03

    • Bruno e Marrone
    • Sua Melhor Versão
  • 04

    • Nego do Borel ft. Luan Santana
    • Contatinho
  • 05

    • Claudia Leitte ft. Maiara e Maraisa
    • Lacradora
  • 06

    • Ludmila
    • Solta a Batida
  • 07

    • Reginaldo Manzotti ft Simone e Simaria
    • Espalhar Amor
  • 08

    • Luis Fonsi feat. Demi Lovato
    • É chame la culpa
  • 09

    • Zé Neto e Cristiano
    • Amigo Taxista
  • 10

    • Gustavo Mioto
    • Anti-amor

Notícia

13/03/18 às 06:23

EMPRESA VAI INVESTIR R$ 350 MILHÕES PARA AMPLIAR PRODUÇÃO DE ETANOL DE MILHO EM LUCAS DO RIO VERDE

Notícia

 A FS Bioenergia está ampliando produção de biocombustível, aproveitando a produção de grãos em Mato Grosso. A empresa anunciou a ampliação da fábrica em Lucas do Rio Verde, que produz etanol 100% de milho.

Serão aplicados mais R$ 350 milhões que duplicarão a capacidade da planta. A estimativa é que anualmente, a indústria passe a processar 1,3 milhão de toneladas de milho. E como resultado, haveria a produção de 230 milhões de toneladas de etanol, 400 toneladas de farelo, 15 mil toneladas de óleo de milho e produção energética de 132 megawatts/h.

O mesmo grupo deu início à construção de uma segunda unidade em Sorriso, onde será investido mais de R$ 1 bilhão, com geração de 1.500 empregos diretos e indiretos. Na nova planta, a previsão é produzir 680 milhões de litros, 500 mil de farelo de milho, 20 mil toneladas de milho e coprodução energética de 170 MW/h, suficiente para abastecer uma cidade de 70 mil habitantes.

A empresa concretizou esse segundo empreendimento em Mato Grosso após contato com o governador Pedro Taques em janeiro deste ano. Conforme dados da concessionária de energia do estado, Mato Grosso tem quase 95% da sua energia elétrica gerada por fontes renováveis. O relatório aponta que 93,32% da energia tem origem hídrica, enquanto as outras fontes renováveis como biomassa e solar fotovoltaica somaram 1,24%. Já as fontes não renováveis (diesel e gás natural) somam 5,44%.

Durante a reunião com a Sepco 1, empresa chinesa que investirá em outras áreas, o governador apresentou as potencialidades de Mato Grosso e disse que o Estado está preparado para receber as companhias internacionais, oferecendo transparência nos processos, de forma a impulsionar os negócios com sustentabilidade. “Investimentos como estes são bem-vindos, porque não apenas vão gerar empregos, conhecimento e tecnologia, mas também reforçar o potencial produtivo e competitivo de Mato Grosso em todo o mundo”.

Outras Notícias

No ar

Sábado às 13:40

Top 20

Ouça a rádio ao vivo


Todos os direitos reservados: Selva FM

www.i9suaradio.com.br